Como fazer seu filho te obedecer na primeira vez que você fala em 8 passos

É claro que você quer explicar os porquês para seu filho – mas não faça quando você tentando sair de casa de manhã.

Quantas vezes você tem que dizer “Não coloque isso no nariz” e “Pare de pular da cadeira para o sofá? A boa notícia é que há maneiras eficazes de comunicação que vão fazer seu filho ouvir e cooperar em um instante.

1. Se conecte e depois direcione

2. Vá direto ao assunto

É claro que você quer explicar os porquês para seu filho – mas não faça quando você tentando sair de casa de manhã. Então deixe as explicação para quando ele precisar de orientação. Quando você quer que algo aconteça, como chegar à escola antes da aula começar, seja direta e específica. Em vez de um “fique pronto para o colégio”, dê instruções claras: “Vista seu casaco e coloque sua mochila”. Isso funciona também para outras situações. “Quero que você se comporte no restaurante” pode ser substituído por “Por favor, não grite quando estiver à mesa”.

3. Faça disso um desafio

As crianças adoram brincar, então transformar o bom comportamento em um jogo faz com que fique mais fácil seguir as instruções. Tente dizer “Aposto que você não consegue calçar seus sapatos em menos de 45 segundos” ou “Estava me perguntando quem consegue escovar os dentes por mais tempo, eu ou você”.

4. Troque os maus hábitos

O melhor jeito de eliminar um comportamento não desejado é substitui-lo por outro positivo. Em vez de focar no que você não quer que seu filho faça, considere o que você quer. O bom jeito de conseguir um bom hábito é com o elogio. Quando a criança está se comportando bem, pareça empolgada e diga o que você está gostando (“você estava brava, mas conversou em vez de bater”). Por fim, dê um abraço ou um aperto de mãos.

5. Não só fale. Mostre

Não diga “seja bonzinho com seu irmão”, mas mostre como fazer. Sempre que seu filho tratar mal o irmão, mostre que você está descontente com esse comportamento.

6. Explique causa e consequência

Quando seu filho se recusar a vestir o casaco em um dia frio e reclamar que está com frio depois, explique que a roupa poderia ter ajudado (depois pegue a blusa que estava secretamente na sua bolsa). Se ele fizer isso novamente, lembre-o do que aconteceu da última vez.

7. Dê escolha

Assim como os adultos, crianças gostam de se sentir no controle da situação. No lugar de perguntar “você pode recolher seus sapatos, por favor?”, quando na verdade só há uma resposta aceitável, proponha opções como “Pegue dois de seus brinquedos ou aquela caixa perto da sua cama”.

8. Mude o tom

Quando seu filho ouve palavras como “não” e “pare”, não recebe isso tão bem quanto palavras positivas. Faça pedidos em um tom encorajador. “Faça carinho no cachorro” é melhor do que “Não puxe o rabo dele”. E quando você realmente quiser que ele te dê atenção? Sussurre. Nada é mais fascinante do que um segredo.

fonte: Parents.